Total de visualizações de página

Longa Noite de Trevas de 8 Anos Chega ao Fim em Ipanema MG.

Não há mal que sempre dure, nem Perseguição que nunca acabe!


Foram 8 longos anos de trevas , 2920 dias...

Pesquisar este blog

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Florada de ipê roxo deixa a Praça Joaquim de Abreu mais bonita .

Florada de ipê roxo deixa a Praça Joaquim de Abreu mais bonita


A árvore floresce nos meses de maio a agosto, quando o céu se encontra sem nuvens. O ipê se caracteriza por marcar os ciclos sazonais do Brasil: 1) verão: nascimento das folhas e brotos; 2) outono: caída das folhas; 3) inverno: floração; 4) primavera: maturação das sementes e semeadura.
O ipê, espécie nativa da flora brasileira, apresenta árvores adultas que variam entre 10 e 20 metros de altura. Algumas bibliografias sobre a espécie descrevem sua madeira como duríssima, resistente, indefinidamente durável, sob quaisquer condições.
Sabe-se que o ipê-roxo é a Tabebuia avellanedae, porém é muito comum haver confusão com a Tabebuia pentaphylla (ipê-rosa), inclusive alguns autores consideram a Tabebuia avellanedae e a Tabebuia impetiginosa da mesma espécie.

O ipê roxo sai na frente dos de outras cores, mostrando sua beleza do início de junho até o final de setembro e, ainda, frutifica de julho a novembro. Versátil, adapta-se bem ao clima tropical úmido e subúmido, com inverno seco, mas sobrevive também no clima subtropical, com verão quente. Tem preferências por temperaturas entre 18 a 26 graus centígrados.
Pouco antes da floração, suas folhas caem e surgem, no ápice dos ramos, magníficas panículas com numerosas flores tubulosas, perfumadas e atrativas para abelhas e pássaros. Por causa dessa formação tão parecida com bolas de flores nos galhos, os botânicos, que a descreveram pela primeira vez, deram-lhe o nome de 'árvore buquê. O ipê (Ipê, em tupi-guarani, significa "árvore de casca grossa" e tabebuia é "pau" ou "madeira que flutua") - muitas vezes chamado de pau-d’arco. Mas, não é só de aparência que vive essa espécie.
Praticamente toda a árvore produz e fornece matéria prima de excelente qualidade, que tem variadas aplicações.
A madeira do ipê roxo tem sido utilizado em grande escala na construção civil, para confeccionar dormentes, tacos, portais, postes, eixos de roda, vigas; na construção naval como quilhas de navio; no mobiliário em geral, em batentes e degraus de escadas; em instrumentos musicais, bolas de boliche, entre outros.Da casca, são extraídos ácidos, sais alcalinos e corante, que é usado para tingir algodão e seda, sem contar que está entre os produtos amazônicos mais procurados, com reconhecido poder medicinal.


Mas, não é só de aparência que vive essa espécie. Praticamente toda a árvore produz e fornece matéria prima de excelente qualidade, que tem variadas aplicações.A madeira do ipê roxo tem sido utilizado em grande escala na construção civil, para confeccionar dormentes, tacos, portais, postes, eixos de roda, no mobiliário em geral, em batentes e degraus de escadas; em instrumentos musicais, bolas de boliche, entre outros.Da casca, são extraídos ácidos, sais alcalinos e corante, que é usado para tingir algodão e seda.

Como identificar seu Ipê:
* Amarelo : Folhas felpudas, pequenas em geral em formação de folhas por ramo
* Roxo : Folhas lisas, as vezes serrilhadas na ponta, crescimento rápido
* Branco : Folhas por ramo
* Rosa : Folhas grandes e suculentas ,talos verdes, crescimento

Foto:15.06.2009

video

IPANEMA MG

TERMINAL RODOVIÁRIO DE IPANEMA - MG

Mural de Recados