Total de visualizações de página

Longa Noite de Trevas de 8 Anos Chega ao Fim em Ipanema MG.

Não há mal que sempre dure, nem Perseguição que nunca acabe!


Foram 8 longos anos de trevas , 2920 dias...

Pesquisar este blog

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Incompetência, Ignorância, Perseguição ou Desrespeito as Leis



Devido ao absurdo cometido pela administração Pública Municipal em exigir Título Eleitoral para atendimento na Rede Municipal de Saúde de Ipanema, o Ministério Público da comarca, diga-se de passagem, até então uns dos mais atuantes que por aqui já passou, entrou com uma ação contra a Prefeitura Municipal, solicitando ao Judiciário o cumprimento da legislação brasileira. Assim o MM Juiz da comarca, determinou a proibição de exigência de Título Eleitoral em todas as repartições da administração pública, principalmente quanto ao tratamento da saúde humana.

Más como aqui em nossa cidade, descumprimento de ordens já se tornou coisa comum, hoje (01/04/2011), quando o vereador Alexander da Costa, conhecido popularmente como “Alex”, levou sua filha de sete anos de idade, para que ela fosse atendida na unidade de saúde localizada no loteamento Nicolato, próximo a CASEMG; ao ser atendido pela recepcionista, haja vista ter sido marcado agendamento para consulta da referida criança, a atendente exigiu como norma da Secretaria Municipal de Saúde local, o Título de Eleitoral de Alex, tendo ele dito que era vereador em Ipanema e todo mundo o conhecia; apesar ainda de sua identificação, a sua filha não foi atendida.

Consta que a Polícia Militar foi acionada (BO 2.060/11) e em contato com o responsável por aquele Posto de Saúde, o funcionário público disse aos policiais que a exigência do documento era norma interna e que ate o Promotor de Justiça para ser medicado deveria apresentar o Título Eleitoral. O vereador Alex afirmou que levaria o fato ao conhecimento do Poder Judiciário e também do Ministério Público de nossa comarca.

Imaginem, se eles estão negando atendimento médico sem a apresentação do Título Eleitoral a um familiar de um vereador, e ainda afirmam que poderia ser até o Promotor de Justiça, o que eles fariam com pessoas carentes de nossa cidade, que nem título possui?





Nós obtivemos informações de fontes que não quiseram se identificar por medo de represália da prefeitura, que outras pessoas não teriam conseguidos atendimento medico na Rede Pública de Saúde (SUS) por não serem eleitores em Ipanema. Inclusive uma senhora de 83 anos de idade e também um senhor aposentado pelo FUNRURAL.




***********************************************************

Esclarecimento aos leitores quanto acusação de sermos antéticos.
Antiética? O que há de errado em publicar uma notícia verídica e narrando exatamente o que aconteceu e mais, com documentos oficiais do Estado de Minas Gerais.

Quanto à questão de ouvir o outro lado, já tentamos por várias vezes; em uma delas um de nossos colaboradores foi brutalmente agredido por um funcionário público municipal quando buscávamos informações sobre a leishmaniose (Ver vídeo), que matou inúmeras pessoas em nossa cidade; em outra oportunidade, ao questionarmos o bloqueio do repasse do programa Bolsa Família, fomos muito bem atendido pelo telefone, contudo, ao orientarmos as pessoas a procurarem o CRAS para resolverem a pendência, pessoas foram coagidas novamente pelos funcionários municipais, inclusive dizendo que iria comunicar o nosso questionamento ao Ministério Público.

Outro ponto que devemos analisar é a questão das alegações do motivo de exigirem o Título Eleitoral, uma desculpa para evitar atender aos demais cidadãos de nossa comarca, situação que particularmente acho um absurdo.

Imaginem leitores, se começarem a exigir o mesmo documento aos ipanemenses que diariamente são atendidos nas mais distantes cidades de nossa Minas Gerais, ou até mesmo em transito por outros estados da Federação.

Recordo aos leitores que somente para Belo Horizonte, saem todos os dias da semana, exceto sábados e domingos, veículos lotados em busca de atendimento na capital, sem mencionar os deslocamentos para Manhuaçu, Ponte Nova, Manhumirim, Cataguases, Leopoldina e tantas outras cidades.

Agora o mais absurdo e o questionamento quanto a falta de apoio dos Prefeitos das cidades de Pocrane, Conceição e Taparuba, que, aliás, o nosso querido Luís Bonifácio, popularmente conhecido por Lilico e uma das autoridades que fazem Ipanema funcionar, isso mesmo, o Lilico é uma dos prefeitos mais preocupados com o bem estar da população ipanemense tanto quanto aos de seu município.


Perguntas:

Qual prefeito que mais colabora com a construção da APAC em Ipanema?
Resposta: Lilico

Quais prefeitos estão financiando a segurança pública em Ipanema?
Resposta: Prefeitos de Pocrane, Conceição de Ipanena e claro, o Lilico;

Qual prefeito financiou toda a madeira utilizada na APAC de Ipanema?
Resposta: Lilico

Qual prefeito é responsável por parte da folha de pagamento dos médicos que nos atende no Hospital de Ipanema?
Resposta: Lilico, a folha de pagamento da Prefeitura de Taparuba, paga aproximadamente quatro ou cinco médicos que atendem no Hospital Maternidade São Vicente de Paula, doentes de Ipanema, Taparuba, Pocrane e Conceição.

Quem é o prefeito que está preocupado com a Saúde, Segurança e a Paz em Ipanema?
Resposta: ....................? (Ver vídeo)

Leitores, e com dizia Rauzito, pra quem provar que estou mentindo eu tiro meu chapéu.

IPANEMA MG

TERMINAL RODOVIÁRIO DE IPANEMA - MG

Mural de Recados